Maia troca farpas com Flávio Bolsonaro: "Seu desespero é compreensível"

 




O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) trocou farpas com o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e disse que "seu desespero é compreensível".


A discussão pública começou depois que Maia postou prints de mensagens publicadas por Flávio, em dois momentos diferentes. Em uma delas, o senador citava o tratamento com hidroxicloroquina e azitromicina —medicamentos que não possuem comprovação científica contra a covid-19— após contrair a doença, no ano passado. Em outro tuíte, postado hoje, Flávio incentiva a vacina para gerar empregos.


"São mais de 268 mil vidas perdidas pelo negacionismo. O governo agora muda o discurso, depois de defender o uso da cloroquina mesmo sem comprovação. E não faz isso neste momento porque se importa com a vida dos brasileiros, mas obviamente por conta das eleições de 2022. Sentiu", alfinetou Rodrigo Maia.


Flávio Bolsonaro, então, retrucou: "Tratamento precoce e vacina são totalmente complementares. Pena que usa sua inteligência para o mal, para atrasar o Brasil e para articular impeachment do Presidente Bolsonaro, democraticamente eleito."





Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem