Camaçari: bancada de oposição propõe prorrogação do auxílio emergencial para setor cultural

Camaçari: bancada de oposição propõe prorrogação do auxílio emergencial para setor cultural

 


Com o objetivo de minimizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19 na economia de

Camaçari, a bancada da oposição da Câmara Municipal, composta pelos vereadores Dentinho do

Sindicato (PT), Tagner (PT), Vavau (PSB) e Professora Angélica (PP), solicitou que a prefeitura, por

meio da Secretaria de Cultura, prorrogue a Auxílio Emergencial para o segmento cultural do

município. A matéria foi aprovada pela Casa Legislativa.

A indicação, apresentada na 10ª Sessão Ordinária do segundo período legislativo, realizada nesta

terça-feira (21), no Plenário Osvaldo Nogueira, aponta que, com quase dois anos de pandemia, a

Cultura amarga perdas e prejuízos, principalmente aos trabalhadores e trabalhadoras do

segmento, que é responsável por 2,64% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e emprega cerca

de 5,2 milhões de pessoas, representando 5,7% da força de trabalho ocupada no país.

“Tendo claro que as consequências da pandemia atingiram a espinha dorsal da sustentabilidade

econômica e social da cultura do país, pois a natureza da atividade pressupõe justamente a junção

de pessoas para apreciar as atividades culturais, o que podemos traduzir como “aglomeração”,

propomos a prorrogação do benefício para os trabalhadores do setor cultural do município, pois

entendemos que as atividades culturais serão as últimas a voltarem a plena carga”, diz um trecho

da indicação.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem