Homem é baleado à queima-roupa por policial na avenida Brasil, no Rio

Homem é baleado à queima-roupa por policial na avenida Brasil, no Rio

 


O caso aconteceu nesta quinta-feira (8), na altura do Complexo da Maré, na zona norte da cidade

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um policial militar atirou contra um homem à queima-roupa na avenida Brasil, uma das principais vias do Rio de Janeiro. O caso aconteceu nesta quinta-feira (8), na altura do Complexo da Maré, na zona norte da cidade. O momento em que o homem é baleado foi registrado em vídeo.

A Polícia Militar informou que abriu um inquérito na corregedoria para investigar o caso. O PM já foi identificado, e a corporação afirma que vai pedir as imagens da câmera corporal usada pelo agente para as investigações.

O caso também vai ser investigado pela Delegacia de Homicídios, conforme divulgou a Polícia Civil. O agente envolvido não foi identificado. A PM ainda não informou se ele já apresentou advogado.

No vídeo que circula pelas redes sociais, é possível ver o momento em que o policial dispara contra o homem. Os dois parecem discutir e, então, o agente levanta o fuzil que carregava e dispara.

Logo em seguida, o homem é socorrido por uma mulher, e pessoas ao redor gritam. O agente deixa o local sem prestar socorro.

Em outros vídeos, o homem ferido aparece deitado no chão sangrando e desacordado. É possível ver também uma viatura próxima ao local, mas nenhum policial vai até a vítima para socorrê-la.

"Carro da polícia parado ao invés de vir dar socorro. Os que atiraram fugiram, e os outros estão ali parados deixando o homem morrer", diz uma mulher que grava a cena. "Eles têm a obrigação de vir dar socorro."

O homem ferido ainda não foi identificado. Também não há informação sobre o estado de saúde dele.

Segundo a Polícia Civil, a Delegacia de Homicídios vai ao local para fazer uma perícia. A corporação disse que outras diligências estão em andamento para apurar os fatos.

Nesta manhã, o Bope (Batalhão de Operações Especiais), da Polícia Militar, e a Core (Coordenadoria de Recursos Especiais), da Civil, faziam uma operação na Maré para recuperar um caminhão cegonha que havia sido roubado por criminosos.

Há relatos desde cedo de tiroteio na região.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem