Derrota do Grêmio para Palmeiras termina com briga de torcidas e vandalismo

Rede de Rádios

Derrota do Grêmio para Palmeiras termina com briga de torcidas e vandalismo


 A torcida do Grêmio invadiu o campo e protagonizou cenas de violência e vandalismo na Arena do Grêmio em Porto Alegre após a partida deste domingo. A derrota por 3 a 1 para o Palmeiras e a situação do Grêmio no Campeonato Brasileiro revoltaram um grupo de torcedores, que entrou no gramado logo após o fim do logo.


Os torcedores gremistas correram em direção à cabine do VAR, que fica perto da entrada do túnel para os vestiários, mas não chegaram a invadir o acesso onde estavam os jogadores, apesar das tentativas. A cabine e outros equipamentos de televisão foram destruídos.


A invasão ocorreu no setor destinado às torcidas organizadas, na Arquibancada Norte. Quando o jogo foi finalizado, torcedores tentaram arremessar objetos em jogadores do Palmeiras. Também há relatos de agressão a profissionais da imprensa durante a invasão.


Em outro setor, nas cadeiras superiores, torcedores das duas equipes trocaram socos, apesar de estarem separados por uma tela de proteção. Um torcedor gremista chegou a subir no local para tentar acertar os rivais com o pé.


Destaque da partida pelo Palmeiras, o meio-campista Raphael Veiga concedia entrevista na beira do campo no momento em que foi interrompido pela invasão dos torcedores. O atleta palmeirense precisou correr para o vestiário.


Após esboçar uma reação vencendo o Juventude, o Grêmio perde pela segunda vez seguida no torneio nacional e segue dentro da zona de rebaixamento, com 26 pontos. Já são sete de diferença para o Bahia, que é o primeiro time fora da zona para a Série B. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem